Atitudes que combatem a Ansiedade

ansiedadeAnsiedadeânsia ou nervosismo é uma característica biológica do ser humano, que antecede momentos de perigo real ou imaginário, marcada por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estomago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração, e outras alterações associadas à disfunção do sistema nervoso autônomo.

Segundo os especialistas, além de atrapalhar a vida pessoal e profissional, a ansiedade também minimiza a concentração em tarefas importantes e planejamentos de longo prazo. Então, adote as atitudes a seguir.

1 — Respire fundo sempre que se sentir mais nervoso. Se possível, dez vezes: inspire profundamente e expire o mais lentamente que puder.

2 — Se o trânsito estiver ruim, ligue o rádio ou ponha para tocar suas músicas prediletas.

3 — Se for atingido pela raiva de alguém, não responda de imediato. Respire e pense nos seus sentimentos e atos. Se for algo que você fez, peça desculpas, se não, diga que é melhor conversarem em outra hora, quando todos estiverem mais calmos. Não caia na armadilha do “bate-boca”.

4 — Procure a delicadeza e a gentileza em suas relações, no trabalho e em casa. O respeito ao outro, ao seu modo de ser, por mais diferente que seja, prepara o terreno para que você também seja respeitado.

5 — Adote uma forma de comunicação sem palavras agressivas. Uma fala mansa e alegre gera um ambiente de convivência mais pacífico, harmônico e confortável para todos, inclusive você.

6 — Invista em alguma atividade física aeróbica, pelo menos três vezes por semana, por no mínimo meia hora. Além de melhorar a autoestima, relaxa e alivia as tensões. E caminhe, sempre que for possível. Vida é movimento!

7 — Pratique alongamentos corporais, pelo menos duas vezes ao dia: estique as pernas e os pés, levante os braços e as mãos, estique e alongue o tronco, deixando-o cair o máximo que puder à frente do corpo. Faça isso pelo menos sete vezes. Os movimentos devem ser lentos, jamais acelerados para acabar logo.

8 — Tire um intervalo para o almoço de pelo menos 30, 40 minutos. Coma bem, mas levemente, e não engula a comida. Mastigue o mais devagar que puder, procurando saborear os alimentos. Depois, tente caminhar um pouquinho, dez minutos que sejam, pois já ajudam na digestão e um pouco mais no relaxamento do corpo e da alma.

9 — Adote algum hobby no seu dia a dia. Fazer pequenas coisas prazerosas fortalece a autoestima e fornece a deliciosa sensação de que também temos direitos e não apenas deveres!

10 — Cuide de si mesmo como a pessoa a quem mais se ama. Mas não se trata de individualismo ou exibicionismo. É cuidado mesmo, com sua saúde, com sua aparência, com sua proteção, com aquilo que lhe é importante. Não corra riscos desnecessários, só os que realmente valerem a pena, mas com cautela. Tenha limites, preserve-se dos excessos de todo o tipo.


468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *